ARTIGOS

ARTROSE, A CAUSA MAIS COMUM DE DOR ARTICULAR NO IDOSO



- A artrose ou artrite degenerativa é uma doença caracterizada pelo desgaste articular, devido ao envelhecimento da cartilagem presente nas articulações (juntas);
– É mais comum no idoso, contudo existem fatores predisponentes que podem ser tratados na pessoa mais jovem;
– Exemplos disso seriam os joelhos curvos (para dentro,chamados genovaro, ou para fora, chamados genovalgo). Também a condromalácea patelar pode evoluir para artrose;
– No quadril temos a patologia muito comum, porém pouco divulgada, chamada impacto femoro-acetabular, que se não tratada evolui para artrose. Quem teve este problema recentemente foi o ator Cauã Raymond. No inicio o paciente sente apenas um incomodo leve, que piora progressivamente. Se detectada precocemente o tratamento é simples, através de uma cirurgia tranquila(artroscopia do quadril), mas se não tratada precisará, com o avançar da doença, de cirurgia de grande porte para colocação de prótese;
- O fator hereditário e excesso de peso também predispõe a artrose;
– A artrose causa dores articulares com piora progressiva;

Os locais mais comumente afetados são:

- Coluna;
- Joelho
- Quadril
- Mão
- A dor piora com os anos podendo deixar a pessoa com dificuldade para andar, usando bengalas e até em cadeira de rodas;
- Diagnóstico é feito pelo exame clinico e pelo raio x;

O tratamento da artrose pode ser feito por:

- Medicações- analgésicos, anti-inflamatórios e condroprotetores. Estes últimos tem-se demonstrado cada vez mais efetivos principalmente em casos iniciais da doença;
- Fisioterapia;
- Infiltrações articulares - que tem efeito passageiro, ou seja não duradouro. Melhora a dor por alguns meses, mas não trata em defintivo a doença.
- Em alguns casos, somente através de cirurgias;

A cirurgia mais recomendada em casos graves é a colocação de próteses (de joelho ou quadril), com taxas de até 95% de bons resultados, se feita com especialista. Com o avanço dos biomateriais as próteses cada vez tem durabilidade maior, podendo mais de 20 anos!!.
E as temidas complicações (infecção, rejeição,trombose) cada vez tem sido menores, se a cirurgia for bem realizada por equipe especializada. Infelizmente ainda existem pessoas que morrem de medo de cirurgias, devido aos resultados ruins do passado.

Felizmente nos dias atuais estas cirurgias são bem seguras. Não dá para aceitar alguém de muletas ou cadeiras de rodas por falta de informação!! O indivíduo com artrose, seja inicial ou avançada possui um arsenal terapeutico especifico para lhe dar uma vida melhor, sem dor.